PÁGINA INICIAL

segunda-feira, maio 11, 2009

Rodovia BR-356 - "É preocupante..."

O empenho de Antônio Boechat na reestruturação da BR-356 deve-se a sua experiência na área de transportes que o faz vislumbrar um agravamento do problema da segurança nas rodovias brasileiras caso não haja uma modernização das suas estruturas.

A maioria das BR’s inclusive a BR-356 foi construída na era Juscelino Kubitschek e foram projetadas para caminhões de aproximadamente 10 toneladas e 2 eixos e para automóveis de aproximadamente 1 tonelada e 50 HP.

Hoje, com a evolução tecnológica da área automobilística, os veículos pesados transportam aproximadamente 50 toneladas e alguns chegam a ter mais de 10 eixos e os leves aproximadamente 2 toneladas e 150 HP. Sendo assim, as rodovias que foram projetadas para veículos até então ditos ‘leves’, hoje são submetidas a uma carga 6 vezes superior àquela para a qual foram projetadas.

“Na era JK o Brasil produzia menos que 5% da produção atual, que é de 2.500.000 veículos por ano, exceto as motocicletas, que começaram a ser produzidas na década de 80 no país, agravando assim o problema de super-tráfego nas rodovias. Minha maior preocupação é como ruas, avenidas e estradas irão suportar tantos veículos no futuro. As rodovias ainda estão do mesmo jeito que foram criadas há 5 décadas. Temos que reestruturá-las pensando acima de tudo, na segurança e bem estar de seus usuários”, finalizou Boechat.

Por:
Nilciane Gripa
Representação Regional Noroeste -
FIRJAN
Tel.: 55(22)3824-6500
Sistema FIRJAN - www.firjan.org.br


3 comentários:

angeline disse...

Se a gente falar da BR 393, trecho Além Paraíba -Pirapetinga... aí eu choro!

Monique Eccard disse...

Realmente preocupante é o estado geral de conservação de nossas rodovias!!
Privatização tá virando moda...

Anônimo disse...

Infelizmente a "Privatização" é o umico meio para se ter estradas em condiçõesa de tráfego. pelo menos ter um pedágio mais barato.
abraços, Larry.;